Impactos do excesso de ruído na nossa saúde emocional


Saúde Emocional – A poluição sonora causa um impacto significativo em nossa saúde e nosso cérebro recebe os efeitos, causando diversas consequências negativas em seu estado emocional.
Os decibéis (dB) do ambiente são a unidade de medida utilizada para medir o nível da intensidade de som no mundo inteiro.
A OMS (Organização Mundial da Saúde) declarou que quando estamos expostos a um nível superior a 55 decibéis, o barulho começa a causar danos em nossa saúde.

– Níveis de Ruído – Veja alguns exemplos:

 

Torneira gotejando: 20 dB;
Geladeira: 30 dB;
Voz humana normal: 60 dB;
Escritório: 60 dB;
Trânsito: 80 dB;
Obras com britadeiras: 120 dB;
Bronca: 80 dB;
Liquidificador: 85 dB;
Feira livre: 90 dB;
Secador de cabelos: 95 dB;
Latidos: 95 dB;
Festas e casas noturnas: 130 dB;
Aparelhos de som portáteis no volume máximo: até 115 dB.

Além disto, somos atingidos por ruídos dos meios de transporte, estabelecimentos comerciais, indústrias, obras e até animais domésticos.
Segundo a OMS o ruído mata mais na Europa do que poluição do ar.

– Saúde Emocional

Ambientes barulhentos fazem parte no dia a dia e nossa saúde é afetada, incluindo locais como academia, escola, escritório e festas.
Problemas na hora de dormir, dificuldade em concentração, surdez e estresse são os problemas mais destacados quando pensamos em preparar nosso ambiente na área acústica. Além deles, podemos incluir:

Depressão
Agressividade
Perda de memória
Dores de cabeça
Aumento da pressão arterial
AVC
Cansaço
Medo
Gastrite e úlcera
Redução libido
Desequilíbrios dos níveis de colesterol e hormonais

No ranking de maior causadora de doenças da Organização Mundial da Saúde, a poluição sonora já ocupa o 2º lugar, ficando acima da poluição da água e atrás da poluição da atmosfera.

– O barulho afeta também suas finanças!

A poluição sonora é grave em vários sentidos, causando inclusive prejuízos financeiros!
Ela pode desvalorizar o seu imóvel – ninguém gostaria de alugar ou comprar um espaço (comercial ou residencial) que é invadido por barulhos externos, depreciando seu valor de mercado.

Confira + dicas e informações no Blog da SOS Ruído, faça contato com nossas representantes e siga-nos nas redes sociais!